Aqui se pretende reproduzir o que se vai passando em Vila Meã. Colabora
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2005
A Inovação ao Serviço da Protecção Ambiental
Nos últimos tempos muito se tem falado em inovação. Não há politico, programa político ou mesmo artigo jornalístico, que não aponte a inovação como factor preponderante de desenvolvimento económico e social, sendo regra geral um assunto consensual, que é defendido transversalmente pelos partidos da esquerda à direita, por economistas, gestores, sociólogos, etc.
No entanto, podemos concluir que não tem tido grande aplicação prática no dia a dia dos portugueses, debilitando desta forma o desenvolvimento actual e futuro da economia nacional e qualidade de vida dos portugueses.
Atravessamos um ciclo em que os gestores de topo não implementam apenas medidas e estratégias que visam única e exclusivamente a busca do lucro, começando cada vez mais a preocupar-se com as questões de coesão social e protecção ambiental, como forma de ganhar o respeito pela sociedade civil, valorizando assim as suas marcas e produtos junto da população em geral.
Um dos sectores que tem estado de mãos dados com a inovação é o sector automóvel, nomeadamente como arma que permita minimizar as ameaças que afectam este sector nos dias de hoje. Ou seja, cada vez mais os produtores automóveis têm que diminuir a sua dependência face ao petróleo, diminuindo assim a sua exposição às flutuações frequentes do preço, provocada pela simples regra da oferta e da procura fortemente influenciada pelo crescimento exponencial que se tem verificado em mercados como a China e Índia, bem como, pelos crescentes conflitos e convulsões sociais que tem afectado os principais produtores de petróleo, como é o caso dos produtores situados no médio Oriente e Venezuela, nunca descurando a possibilidade da produção futura de petróleo ser insuficiente para satisfazer as necessidades do mercado.
Para além destas razões, a componente ambiental também tem sido um dos factores que tem movido os produtores automóveis a desenvolver motorizações que permitam uma maior poupança e um maior respeito pelo meio ambiente, nomeadamente através do recurso à eventual motorização eléctrica.
Mas não é necessário recorrermos ao mercado comunitário para encontrarmos empresas que tem estes factores em consideração, existem empresas nacionais, que nos são bem familiares que podem ser distinguidas pela sua preocupação com as questões ambientais, essencialmente porque colocaram a inovação como um dos principais pilares das suas organizações.
Um desses casos é a Portugal Telecom, nomeadamente ao disponibilizar o envio das facturas em formato electrónico para o endereço de e-mail indicado pelos clientes, destinando-se a um universo de mais de cinco milhões de clientes, que vêem a sua comodidade aumentar, permitindo uma poupança, segundo os seus responsáveis, de cerca de quatro milhões de folhas de papel e, por consequência, à preservação de cerca de 55 mil árvores por ano.
Para que estas medidas sejam eficientes e possam ser generalizadas pelo nosso tecido empresarial, só nos resta aderir e exigir idêntico comportamento às restantes empresas que fazem parte do nosso dia a dia.
No entanto, este esforço para ser totalmente eficiente, não deve ser apenas motivo de preocupação do nosso tecido empresarial, mas sim acompanhado pelo esforço da nossa administração pública.
Quem sabe se daqui a uns anos não somos apenas o país com a maior árvore de Natal, para passarmos a ser também o país, que mais diminuiu o seu índice de consumo de papel.

Boas festas, e um feliz 2006...

Nuno Cunha





publicado por RC às 17:45
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Actividades Culturais

Grandiosas Festas em Real...

Associação Beneficência d...

Novos Corpos Sociais do A...

NOVAS OPORTUNIDADES em Vi...

Eleições no Atlético

Concerto de Ano Novo

ATLÉTICO inicia a revirav...

Atllético volta a desilud...

AC Vila Meã conquista um ...

arquivos

Outubro 2008

Junho 2008

Março 2008

Julho 2007

Maio 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds